De Olho na NFL: Semana 11





24/11/2016
 
Entrando na semana 12 da temporada e com rodada especial de thanksgiving hoje, é hora de acompanharmos o recorde de nosso especialista, o desempenho das apostas públicas, além de destaques, surpresas e decepções da semana 11. 
 
 
 
Recorde: 60-57-2 (51%), +0,40und
ODD Média: 1.97
ROI%: +0,3%
Handicaps: 34-31-2 (52%), +0,02und
Totais: 23-20 (53%), +1,55und
Teaser: 3-6 (33%), -1,40und
 
Destaque
 
Equipe: New York Gians (7-3 W/L)
 
 
Fazendo valer o mando de campo e tendo ganho cinco de seis jogos em casa, os Giants são um dos destaques da temporada até agora. Mesmo com um ataque ineficiente e um pass-rush bastante abaixo da média, a equipe tem conseguido vencer os seus jogos, graças a uma defesa fantástica que tem limitado os adversários a um rating médio de 76.1. 
 
Jogador de Ataque: Kirk Cousins (QB, Washington Redskins)
 
 
Tudo bem, Cousins enfrentou uma defesa horrível dos Packers, que pela segunda semana seguida permitiu mais de 40 pontos para o adversários, mas o quarterback esteve impecável na partida. O jogador lançou para um total de 357 jardas e completou três de quatro tentativas de passe para mais de 20 jardas, terminando a partida com rating de 145.8.
 
Jogador de Defesa: Xavier Rhodes (CB, Minnesota Vikings)
 
 
Na partida que marcou o reencontro de Minnesota com as vitórias após quatro derrotas consecutivas na temporada, Rhodes foi dominante. O cornerback não permitiu nenhum passe completo em sua direção e conseguiu duas interceptações, com uma delas terminando em um retorno de 100 jardas para touchdown. 
 
Jogador Especialista: Cordarrelle Patterson (WR, Minnesota Vikings)
 
 
Um dos melhores retornadores da liga, Petterson voltou a brilhar no quesito com um retorno de kickoff saindo de dentro de sua própria endzone para percorrer 104 jardas e anotar um touchdown no confronto contra os Cardinals. 
 
Surpresa
 
Equipe: Tampa Bay Buccaneers (5-5 W/L)
 
 
Os Buccaneers não se parecem em nada com uma boa equipe, mas o time tem conseguido vitórias importantes e inesperadas. Na campanha de 50% de aproveitamento, quatro das cinco vitórias vieram fora de casa e a equipe tem visto o quarterback Jameis Winston subir de produção conforme a temporada avança. 
 
Jogador de Ataque: DeVante Parker (WR, Miami Dolphins)
 
 
Em uma partida difícil contra uma excelente defesa dos Los Angeles Rams, Parker apareceu quando mais se precisava dele e anotou o touchdown da vitória do time por 14x10. O wide receiver foi um alvo frequente nessa partida, fazendo 8 capturas para um total de 79 jardas. 
 
Jogador de Defesa: Byron Maxwell (CB, Miami Dolphins)
 
 
Maxwell tem jogado melhor recentemente após um início ruim de temporada. Contra os Rams, o jogador esteve sempre bem na cobertura e ainda foi de grande ajuda contendo o jogo terrestre, terminando a partida com 5 tackles. 
 
Jogador Especialista: Chris Jones (P, Dallas Cowboys)
 
 
Na vitória sobre os Ravens por 27x17, Jones chutou apenas quatro vezes, mas não permitiu retornos em nenhum de seus punts e colocou dois deles na linha de 20 ou menos jardas do campo adversário. 
 
Decepção
 
Equipe: Chicago Bears (2-8 W/L)
 
 
Os números frios sugerem que Chicago deveria ter um recorde melhor do que o atual, mas a equipe tem sido uma bagunça fora do campo, com constantes suspensões e brigas entre atletas do time. Os Bears agora estão sem seus dois principais quarterbacks e um ineficiente Matt Barkley será o titular para o restante da temporada.  
 
Jogador de Ataque: Garry Gilliam (RT, Seattle Seahawks)
 
 
Os Seahawks venceram, mas Garry Gilliam teve um jogo para esquecer no último domingo contra os Philadelphia Eagles. Contra o forte pass-rush de Philadelphia, Gilliam raramente pode proteger o quarterback Russell Wilson, tendo sido superado seis vezes pelos defensores de Philadelphia e tendo permitido um hit sobre o quarterback.  
 
Jogador de Defesa: Perrish Cox (CB, Tennessee Titans)
 
 
Perrish Cox tem sido bastante inconstante esse ano e foi um dos elos mais fracos da secundaria dos Titans na derrota frente aos Colts no último domingo. Cox permitiu seis recepções em sua direção, para um total de 142 jardas e um touchdown. 
 
Jogador Especialista: Mike Nugent (K, Cincinnati Bengals)
 
 
Nugent tem sido um kicker abaixo da média há algumas temporadas. No apertado jogo contra os Bills, o jogador errou dois extra-points e na temporada converteu apenas 76,2% dos field goals. 
 
O Green
 
 
New England Patriots -12, contra os San Francisco 49ers. Os Patriots receberam 84% das apostas na linha de spread.
 
Com uma linha alta fora de casa, não muitos apostadores se animaram com esse jogo, mas o que o fizeram, levaram quase que exclusivamente os Patriots no handicap. A equipe de New England tem sido uma das mais consistentes cobrindo linhas nessa temporada e não precisou de muito para superar um deficiente time dos San Francisco 49ers. 
 
Green Bay Packers x Washington Redskins, Over 48,5. 70% das apostas em totais vieram sobre o Over.
 
Nem o frio e nem os fortes ventos foram capazes de manter esse jogo em baixa pontuação. A defesa do Packers continua terrível e pela segunda semana consecutiva sofreu mais do que 40 pontos, dando assim aos apostadores de over, uma vitória fácil no total em uma semana onde o público foi massacrado em linhas de totais na maioria dos outros jogos. 
 
O Red
 
 
New York Giants -7 contra os Chicago Bears. Os Giants receberam 77% das apostas na linha de spread.
 
Os Giants venceram, mas nunca estiveram próximos a cobertura do spread em um complicado jogo contra os Chicago Bears. Robbie Gould errou dois extra-points e a equipe seguiu produzindo pouco pelo chão, mantendo assim os Bears sempre próximos no placar e entregando ao público a maior derrota em um consenso de spread durante a semana 11.
 
Jacksonville Jaguars x Detroit Lions, Over 47. 81% das apostas vieram sobre o Over.
 
Muitos totais amplamente apoiados pelo público foram perdidos na semana 11, mas nenhum deles com um consenso tão unilateral quanto o over de Jacksonville Jaguars x Detroit Lions. Em uma partida onde os dois ataques foram ineficientes e propensos a turnovers, as equipes chegaram perto, mas não puderam superar o total de 47 e a partida terminou em under, frustrando 81% dos apostadores que se envolveram no total desse jogo. 
 
Fique de Olho:
 
New Orleans Saints (4-6 W/L)
 
 
O recorde ainda é ruim, mas a defesa tem melhorado e a aliada ao poderoso ataque da equipe, poderá fazer dos Saints uma das melhores opções de aposta para o restante da temporada.  
 
Deixe de Lado:
 
Carolina Panthers (4-6 W/L)
 
 
Rodada após rodada, os Panthers são supervalorizado nas linhas devido a campanha do ano passado que culminou com a classificação da equipe ao Super Bowl 50. O time de Carolina esse ano é bem menos talentoso e Cam Newton teve uma enorme queda de rendimento após ter ganho o MVP no ano passado. 
 

Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Lucro turbinado

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar

Newsletter

Iniciando agora no mundo das apostas esportivas?

Deixe o seu e-mail e receba materiais exclusivos




Outras Notícias