Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano Data: 23/09/2021 (Quinta-Feira) às 21:20 Bet365
Futebol Americano

Palpite: Thursday Night Football - Carolina Panthers x Houston Texans - NFL - 23/09

Odd: 1,90
Stake: 5/10

Status: Ganha

Publicado em 23/09/2021 às 16:43

Abrindo a semana 03 de jogos da temporada da NFL, Carolina Panthers e Houston Texans se enfrentam no NRG Stadium pelo Thursday Night Football. A partida terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN.

 Vs 

Local do evento: Houston – Texas

A última vez que as equipes se enfrentaram foi na temporada 2019/20 e os Panthers venceram fora de casa por 16x10 como underdogs por 5,5pts no handicap. O total, definido em 47,5 naquela partida, terminou em under.

No NRG Stadium, a temperatura será de 25°C, com umidade do ar em 40% e ventos entre 2 e 7mph na direção sudeste. Céu aberto e sem previsão de chuva durante a partida.

Após uma estreia sem muito brilho em uma vitória sobre os New York Jets, os Panthers (2-0 W/L) se saíram melhores na semana 02 contra os rivais New Orleans Saints, vencendo em casa por 26x7 em uma impressionante performance da defesa. Os Panthers são uma das sete equipes da liga que se mantiveram invictas após duas semanas de jogos. Após o Thursday Night Football, o time viaja para Dallas, onde enfrentará os Cowboys na semana 04.

Após ter tido pouco sucesso em suas três primeiras temporadas na liga pelos New York Jets, o quarterback Sam Darnold teve boas atuações nos seus dois primeiros jogos pelos Panthers, Darnold completou 68,5% de seus passes até o momento para uma média de 8,0yds por tentativa de passe, com 3 touchdowns, uma interceptação e rating de 100.5. Darnold sofreu apenas 3 sacks em dois jogos, mas foi bastante pressionado no pocket, especialmente pelo lado esquerdo, onde Cam Erving e Dennis Daley não estiveram bem na proteção. O guard Pat Elflein se lesionou na última partida e está fora desse jogo, mas Elflein foi bem substituído por John Miller contra os Saints. O wide receiver DJ Moore e o running back Christian McCaffrey foram os alvos favoritos de Darnol nos dois primeiros jogos, McCaffrey na maioria das vezes, trabalha recebendo passes curtos e vem com média de 9,7yds ganhas após as recepções, enquanto Moore tem 14 recepções para um total de 159 jardas e 1 touchdown. Robby Anderson é uma opção para passes em profundidade e contra os Saints, Darnold também conectou passes com o wide receiver Brandon Zylstra e com o tigh end Dan Arnold, que apareceram como boas opções no ataque aéreo.

O jogo terrestre não funcionou tão bem quanto o esperado nos dois primeiros jogos. Christian McCaffrey ainda tem ficado com quase toda a carga de corridas, mas encontrou poucos espaços pela linha ofensiva, precisando quebrar tackles e produzir jardas após o primeiro contato, ficando com média de apenas 3,8yds por carregada. Chuba Hubbard, running back novato e que não havia sido utilizado na semana 01, teve 8 carregadas contra os Saints, mas ganhou um total de apenas 10 jardas, sendo várias vezes contido atrás da linha de scrimmage. 

Apesar do ataque ter se saído bem, a defesa, comandada pelo coordenador Phil Snow, foi o setor de destaque dos Panthers nos dois primeiros jogs. Recém chegado ao time, Haason Reddick tem pressionado os quarterbacks com frequência e os Panthers lideram a liga em sacks, com 10, 3 deles de Reddick. O front-seven, além de ter conseguido pressionar os quarterbacks, se manteve bastante efetivo contra o jogo terrestre, com os Panthers permitindo média de apenas 2,7yds por tentativa de corrida dos adversários ao longo das duas primeiras partidas. Derrick Brown e DaQuan Jones estiveram bem pelo interior da linha defensiva e o linebacker Shaq Thompson também tem sido importante contra o jogo terrestre. A forte pressão obtida pelo front-seven, tem facilitado o trabalho da secundária e Juston Burris e Jaycee Horn conseguiram uma interceptação cada na última partida. Quarterbacks adversários completaram apenas 52,5% dos passes contra um Panthers até o momento, com um rating médio de 62.0. Horn, 8° escolha geral do último draft, foi o grande destaque da secundária nas duas primeiras partidas e Donte Jackson também teve um bom desempenho.

O special team tem falhado na cobertura dos chutes e a equipe permitiu bons retornos para os adversários nos primeiros jogos, enquanto Alex Erickson não produziu tão bem nos retornos de punt para a equipe. O kicker Zane Gonzalez, converteu duas de três tentativas de field goal na última partida e seu único erro veio em um chute para mais de 50 jardas. O punter Joseph Charlton, tem mostrado grande precisão em seus chutes e 5 dos 10 punts que realizou até o momento, colocaram o oponente na linha de 20 jardas ou menos de seu próprio campo.

Após terem estreado com uma vitória sobre os rivais Jacksonville Jaguars, os Texans (1-1 W/L) foram competitivos fora de casa contra os Cleveland Browns na semana 02, mas perdendo o quarterback Tyrod Taylor por lesão durante o jogo, os Texans acabaram derrotados por 31x21. Após o Thursday Night Football, o time viaja para New York, onde enfrentará os Buffalo Bills na semana 04.

Tyrod Taylor vinha conduzindo bem o ataque, tendo oportunidades de passe limitadas no sistema do head coach David Culley, que tem sido voltado a estabelecer o jogo terrestre, Taylor, porém, se lesionou na última partida contra os Browns e será substituído pelo novato Davis Mills nesse jogo, jogador escolhido na 6° rodada do último draft. Mills não esteve em sua estreia, entrando durante a partida contra os Browns e completando apenas 8 de 18 tentativas de passe, com um passe para touchdowns, mas também uma interceptação. Taylor e Mills combinaram para apenas 2 sacks sofridos nos dois primeiros jogos, mas a linha ofensiva não se saiu tão bem na proteção quanto a marca sugere, com Marcus Cannon reforçando bem a OL e com Laremy Tunsil sólido na proteção, mas com Justin Britt abaixo da média e com Tytus Howard ainda sendo um ponto problemático na linha ofensivo, cometendo faltas e tendo dificuldades na proteção ao quarterback. Brandin Cooks tem sido de longe, o alvo preferido dos quarterbacks dos Texans e acumula 14 recepções para um total de 210 jardas e 1 touchdown. A equipe perdeu o wide receiver Danny Amendola, que se lesionou no último jogo, com Chris Conley, Nico Collins e o tigh end Pharaoh Brown sendo algumas opções para Mills no jogo aéreo, porém com nenhum deles aparecendo bem nos dois primeiros jogos.

Com a chegada do head coach David Culley, os Texans se reforçaram com os running backs: Mark Ingram II, Phillip Lindsay e Rex Burkhead, que se juntaram a David Johnson entre as opções do time para o jogo terrestre. Culley fez mais uso de corridas do que de passes nas duas primeiras semanas, mas o ataque não progrediu bem, com a linha ofensiva criando poucos espaços para o avanço dos running backs, que como um grupo, foram limitados a uma média de apenas 3,5yds por tentativa de corrida. Mark Ingram II tem ficado com a maior parte da carga de carregadas, mas sua corrida mais longa foi para apenas 11 jardas até o momento, enquanto Phillip Lindsay teve o pior desempenho do grupo, com média de apenas 2,1yds por carregada.

A defesa, agora comandada pelo coordenador Lovie Smith, criou turnovers nos dois primeiros jogos, com 5 posses recuperadas, o que ajudou a esconder alguns pontos fracos do setor. O pass-rush continua pouco eficiente e Smith tem optado por poucas chamadas de blitz, enquanto o front-seven, além de não pressionar os quarterbacks com frequência, permanece vulnerável contra o jogo terrestre, com o linebacker Zach Cunningham e com o defensive tackle novato Roy Lopez, perdendo tackles com frequência e com a equipe permitindo média de 4,6yds por tentativa de corrida dos adversários. Os problemas na contenção ao jogo terrestre em geral, vieram da linha defensiva, já que os linebackers Christian Kirksey e Kamu Grugier-Hill fizeram um trabalho decente parando corridas nos dois primeiros jogosm com Hill forçando um fumble que foi recuperado por Kirksey na última partida. No sistema cover-2 de Lovie Smith, a secundária até o momento, tem se saído melhor do que no ano passado. O safety Justin Reid, que foi péssimo na cobertura na última temporada, já tem duas interceptações, mas Reid tem status de improvável para essa partida, sendo um provável desfalque no setor. Os cornerbacks Terrance Mitchell e Vernon Hargreaves III se saíram bem até o momento, mas Desmond King, novidade na secundária da equipe, permitiu que 7 dos 8 passes lançados em sua direção fossem completados e já sofreu um touchdown na cobertura.

O special team, agora comandado pelo coordenador Frank Ross, tem se saído bem na cobertura e o time permitiu poucos bons retornos dos adversários até o momento, mas Andre Roberts, um dos melhores retornadores da liga nos últimos anos, não tem produzido muito nos retornos para a equipe. O kicker Joey Slye, errou sua única tentativa de field goal na última partida e seu field goal mais longo convertido na temporada foi de apenas 40 jardas. O punter Cameron Johnston, teve um touchback no último jogo, mas tem mostrado grande alcance em seus chutes e 4 dos 10 punts que realizou até o momento, colocaram o adversário na linha de 20 jardas ou menos de seu próprio campo.     

Lesões

Carolina Panthers

Yetur Gross-Matos (DE, Out), Pat Elflein (G, Inativo), Troy Pride Jr. (CB, Inativo), Matt Kaskey (T, Inativo), Darius Clark (RB, Inativo), Thomas Fletcher (LS, Inativo), Mike Panasiuk (DT, Inativo) e Myles Hartsfield (DB, Inativo). 

Houston Texans 

Deshaun Watson (QB, Out), Vincent Taylor (DT, Inativo), Kevin Pierre-Louis (LB, Inativo), Tyrod Taylor (QB, Inativo), Nico Collins (WR, Inativo), Danny Amendola (WR, Out), Terrance Mitchell (CB, Out), Kamu Grugier-Hill (LB, Improvável), Justin Reid (S, Improvável), Cornell Armstrong (CB, Inativo), Tae Davis (LB, Inativo), Ka'imi Fairbairn (K, Inativo) e A.J. Moore (S, Inativo).

A Linha

Recordes: Panthers 2-0 ATS e 0-2 O/U, Texans 2-0 ATS e 2-0 O/U. 

A linha foi aberta em Panthers -7,5 e rapidamente se moveu para -8. 60% das apostas vieram no handicap dos Panthers. 

O total foi aberto em 43 e não sofreu alterações na maioria dos sportbooks. 60% das apostas vieram no over. 

Onde está o valor?

Os Texans estiveram bem nas duas primeiras semanas, surpreendendo os Jaguars na estreia e depois mantendo um placar próximo contra os Browns fora de casa, mas também contaram com uma boa dose de sorte na construção de um número elevado de turnovers forçados e ainda mostraram muitos problemas, mesmo antes da lesão de Tyrod Taylor. O jogo terrestre, apesar dos grandes nomes, foi ineficiente e a linha ofensiva segue com problemas na proteção ao quarterback, enquanto que na defesa, o front-seven pressiona pouco os quarterbacks adversários e não tem se saído bem na contenção ao jogo terrestre. 

Os Panthers por sua vez, parecem uma equipe em evolução, ainda que não tenham tido uma tabela difícil nas duas primeiras semanas. Sam Darnold, com mais talento ao redor, tem conduzido bem o ataque, enquanto a defesa já havia mostrado qualidade na última temporada e parece ter evolído no pass-rush e na secundária. 

Os Bills irão utilizar um quarterback novato escolhido na 6° rodada do último draft e que deverá ter problemas atrás de uma linha ofensiva fraca que enfrentará um pass-rush que atormentou quarterbacks nas duas primeiras semanas, enquanto que contra uma boa linha defensiva, é pouco provável que os Texans sejam capazes de estabelecer o jogo terrestre para tirar pressão de Mills. McCaffrey deve ter mais espaços para correr, já que os Texans são ineficientes na contenção ao jogo terrestre e Darnold nesse cenário, apenas precisa limitar os erros. 8pts é um handicap bastante alto para um jogo fora de casa em uma semana curta, mas condizente com a diferença de talento e produção esperada dessas equipes e vejo um Carolina Panthers melhorado, com boas chances de controlar o jogo e vencer por uma grande diferença.

Palpite: Carolina Panthers -8 @1.90 na Bet365

NFL - Season 2021/22

Recorde: 10-7 (58%), +2,03und
ODD Média: 1.89
ROI%: +11,9%
Handicaps: 10-6 (62%), +3,03und
Totais: 0-1 (0%), -1,00und
Site: 9-7 (56%), +1,09und
Youtube: 1-0 (100%), +0,94und


Apostar na Bet365 Bet365



Faça parte do Telegram aposta10 para receber em primeira mão as melhores dicas e promoções.


R$ 200 bônus

9.4 (nossa avaliação)

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 22 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida pelo público brasileiro.

apostar
Dezão

Quer receber nossos palpites
direto no seu celular ou e-mail?

Receber dicas no Telegram Receber dicas no meu e-mail Baixe nosso Ebook Grátis

Outras Dicas

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

25/10 (Seg) às 21:15

Palpite: Monday Night Football - New Orleans Saints x Seattle Seahawks - NFL - 25/10

Palpite para o Monday Night Football da semana 07 entre New Orleans Saints e Seattle Seahawks, com início às 21:15 e transmissão pela ESPN.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.94

LEIA A DICA APOSTA

Ganha

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

24/10 (Dom) às 21:20

Palpite: Sunday Night Football - Indianapolis Colts x San Francisco 49ers - NFL - 24/10

Palpite para o Sunday Night Football da semana 07 entre Indianapolis Colts e San Francisco 49ers, com início às 21:20 e transmissão pela ESPN.

Mercado: Over e Under | Odd 1.90

LEIA A DICA APOSTA

Perdida

Gustavo Zambrano Gustavo Zambrano

24/10 (Dom) às 14:00

Palpite: Washington Football Team x Green Bay Packers - NFL - 24/10

Palpite para a partida entre Washington Football Team e Green Bay Packers, válida pela semana 07 de jogos da NFL, com início às 14:00.

Mercado: Handicap Asiático | Odd 1.92

LEIA A DICA APOSTA