NFL Previews 2019: NFC East - Washington Redskins





04/09/2019

Washington Redskins 

Campanha em 2018/19 – 7-9 W/L (3° na NFC East)

Os Redskins eram 6-3 W/L até que o quarterback Alex Smith sofreu uma grave lesão e o time venceu apenas um jogo no restante da temporada, ficando de fora dos playoffs. Mas apesar do recorde positivo até a perda do quarterback, os Redskins já não vinham jogando tão bem e provavelmente teriam tido uma reta final de temporada ruim de qualquer forma. 

Quem Saiu: Preston Smith (LB, Packers), Jamison Crowder (WR, Jets), Ty Nsekhe (RT, Bills), HaHa Clinton-Dix (FS, Bears), Zach Brown (LB, Eagles), Josh Johnson (QB, Lions), Pernell McPhee (LB, Ravens), Maurice Harris (WR, Patriots), Michael Floyd (WR, Ravens), Jonathan Cooper (G, Raiders), Luke Bowanko (C, Lions), Josh Doctson (WR, Vikings), Rob Kelley (RB, Saints), Stacy McGee (DT), Mason Foster (LB), Shawn Lauvao (G), Austin Howard (RT), Mark Sanchez (QB), Marquis Flowers (LB), Marcus Smith (DE), Corey Robinson (LT), Arie Kouandjio (G), Zach Vigil (LB), Andrew East (LS), Hugh Thornton (G), Carlos Henderson (WR) e ArDarius Stewart (WR).

Quem Chegou: Landon Collins (FS, Giants), Case Keenum (QB, Broncos), Ereck Flowers (G, Jaguars), Donald Penn (DT, Raiders), Jon Bostic (LB, Steelers) e Corey Robinson (LT, Jaguars),

Draft: Dwayne Haskins (QB, Round 1), Montez Sweat (DE, Round 1), Terry McLaurin (WR, Round 3), Bryce Love (RB, Round 4), Wes Martin (G, Round 4), Ross Pierschbacher (C, Round 5), Cole Holcomb (LB, Round 5), Kelvin Harmon (WR, Round 6), Jimmy Moreland (DB, Round 7) e Jordan Brailford (DE, Round 7).

Alex Smith provavelmente nunca mais irá jogar futebol americano na vida depois de sua grave lesão no ano passado, por isso os Redskins foram atrás de um quarterback e acertaram uma troca por Case Keenum, que será o titular no início da temporada, além de terem selecionado Dwayne Haskins com a escolha de 1° rodada da equipe no último draft. O time também investiu pesado no safety Landon Collins, mas o ataque perdeu Jamison Crowder e Trent Williams exigiu uma troca que ainda não se concretizou. Na defesa, a equipe teve as saídas de: Preston Smith e HaHa Clinton-Dix. 
 
Análise 

Alex Smith vencia jogos, mas ele não vinha jogando tão bem até se machucar na semana 11 contra os Texans e o ataque dos Redskins vinha tendo problemas mesmo quando Smith estava em campo. Case Keenum será o novo quarterback da equipe e vem de um ano ruim pelos Broncos, após ter a melhor temporada de sua carreira atuando pelos Vikings em 2017/18. Jay Gruden ainda é o head coach da equipe, mas não chamará mais as jogadas ofensivas, com Kevin O'Connell sendo promovido a coordenador ofensivo nessa temporada. O grupo de recebedores tem Paul Richardson como principal nome, com o jogador tendo atuado em apenas 7 jogos na última temporada por conta de lesão. Trey Quinn, que se saiu bem em três partidas na última temporada, o novato Terry McLaurin e o tigh end Jordan Reed são as outras principais opções de alvo para Keenum. A linha ofensiva tem alguns jogadores talentosos como: Brandon Scherff e Morgan Moses, mas o setor foi devastado por lesões na última temporada, fez um trabalho ruim, perdeu o left tackle e Trent Williams e tem alguns pontos fracos como: Ereck Flowers e Donald Penn, veterano que saiu bastante mal quando esteve em campo pelos Raiders no ano passado. Escolhido no draft de 2018, Derrius Guice deveria ter sido o running back do time no ano passado, mas se lesionou na pré-temporada e perdeu todo o ano, Guice finalmente estreará pela equipe, que ainda tem o veterano Adrian Peterson e também Chris Thompson como opções, o jogo terrestre foi efetivo durante boa parte da última temporada, especialmente quando Alex Smith ainda era o quarterback. 

A defesa se beneficiou de um alto número de fumbles forçados no ano passado e não cedeu tantos pontos quanto deveria. No entanto, exceto pelos turnovers gerados, o time não esteve tão bem defensivamente, permitindo rating médio de 95.1 para os quarterbacks adversários e média de 4,5yds por tentativa de corrida dos oponentes, além de o pass-rush não ter funcionado tão bem, mesmo com Ryan Kerrigan conseguindo 13 sacks. A linha defensiva formada por: Daron Payne, Jonathan Allen e Matt Ioannidis é boa pressionado quarterbacks, mas não tão efetiva na contenção ao jogo terrestre, com exceção de Allen, que faz um bom trabalho no quesito. Jon Bostic é reforço para um grupo de linebackers que não foi bem no ano passado, mas atuará ao lado de um pouco eficiente Shaun Dion Hamilton. A secundária tem problemas, já que Josh Norman entrou em declínio na última temporada e Landon Collins, principal contratação do time, não vem de um ano tão bom pelos Giants. Quinton Dunbar sofreu com lesões na última temporada e também não foi bem e o safety Montae Nicholson é o ponto fraco mais evidente entre os defensive backs da equipe. 

A equipe fez um péssimo trabalho nos retornos na última temporada e terá o novato Steven Sims Jr. como retornador de kickoffs e Trey Quinn retornando punts. O time permitiu médias de: 22,7yds em retornos de kickoffs para os oponentes no ano passado e 9,8yds em retornos de punt, cedendo um touchdown através de um retorno de punt. Dustin Hopkins converteu 26 de 29 tentativas de field goal na última temporada e permanece como kicker da equipe, enquanto que o punter Tress Way vem de uma excelente temporada, com 41 chutes que colocaram os adversários na linha de 20 ou menos de seus próprios campos e nenhum touchback. 

Total de Vitórias Estipulado: 5,5

Eu gosto de Case Keenum e acho que ele foi injustiçado jogando em um péssimo sistema dos Broncos no ano passado, mas ele não terá muito mais talento a sua disposição em Washington, com Jordan Reed, Paul Richardson e Trey Quinn sendo peças interessantes no grupo de recebedores, mas com a linha ofensiva tendo potencial para ser bastante problemática. A defesa era pior do que parecia na última temporada e não acho que a adição de Landon Collins muda muita coisa, especialmente com Josh Norman já não sendo tão bom quanto costumava ser. A divisão não é muito forte, mas a tabela é complicada e não acho que os Redskins vencerão mais do que os 5,5 jogos definidos como total de vitórias para eles nessa temporada. 

Aposta: Under 5,5 @2.30 na Bet365


Casas de apostas

Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Sportsbet.io

Bônus

Ganhar
Sportingbet

Bônus

Ganhar
Bodog

Bônus

R$200

Ganhar
188BET

Bônus

R$200

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Dafabet

Bônus

R$600

Ganhar
Betfair

Bônus

$30

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$777

Ganhar



Outras Notícias