Aposta10 Logo
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
Pesquisar...
BlogMercado de ApostasEstudo aponta que somente 15% das operadoras vão se manter no Brasil com a regulamentação

Estudo aponta que somente 15% das operadoras vão se manter no Brasil com a regulamentação

Josias Pereira Josias Pereira
Estudo aponta que somente 15% das operadoras vão se manter no Brasil com a regulamentação
Bet365's logo
divider
9.6Nossa Avaliaçãoupper right icon

A bet365 é uma das maiores casas de apostas do mundo. Tem mais de 22 milhões de clientes e a maior cobertura de eventos. A empresa atua no Brasil por décadas e é reconhecida mundialmente.

A regulamentação das apostas esportivas no Brasil está em vigor desde julho, com a publicação da MP 1182/2023. No entanto, a efetivação das medidas propostas pela Medida Provisória só deverá vigorar após a aprovação do Projeto de Lei de mesmo tema, queestá em análise e trancou a pauta de votações do Senado esta semana.

As medidas aprovadas impactarão, sem dúvidas, as operações das casas de apostas no país. De acordo com uma pesquisa conduzida pela Hand, assessoria independente e especializada na venda, compra e gestão de empresas, das aproximadamente 500 casas de apostas que operam no Brasil no momento, apenas 15% terão recursos financeiros suficientes para manter suas operações com a regulamentação.

Ainda, a empresa de assessoria destaca que as empresas que não possuem estrutura nem recursos financeiros necessários para se ajustarem às taxas e exigências da regulamentação, provavelmente serão incorporadas por operadoras maiores. Com isso, ainda de acordo com análise da Hand, haverá uma maior contribuição para a consolidação do mercado de apostas no Brasil.

"Estimamos que cerca de 15% das empresas atuais terão a capacidade financeira para se adequar a essa nova realidade regulatória”, destaca José Venâncio, sócio da Hand.

Vale destacar que um levantamento da Hand, publicado aqui no Aposta 10 no início do mês, identificou que o mercado global de apostas registra um crescimento de cerca de 10 % ao ano, enquanto o mercado brasileiro apresenta taxas de crescimento superiores a 90 %. Segundo o sócio da empresa, “isso nos leva a crer que, em um futuro próximo, o mercado de apostas no Brasil poderá representar até um quinto do faturamento mundial”.

Vale destacar que um novo capítulo político se instaurou no tema da regulamentação das apostas no Brasil. O Ministério da Fazenda, comandado por Fernando Haddad (PT-SP), sempre esteve à frente da defesa e da elaboração dos textos de regulação, desde o início do ano. Inclusive, se falou sobre a criação de uma Secretaria de Apostas e Loterias, vinculada ao Ministério da Fazenda, para monitorar o sistema de apostas esportivas no Brasil. No entanto, com a mudança no Ministério do Esporte, com a saída de Ana Moser (sem partido) e a chegada de André Fufuca (PP-MA), especula-se que a pasta do Esporte terá em sua alçada a monitoração das apostas no país, como parte das negociações políticas do Centrão.

Casas de aposta em destaque

betano logo branca

Betano

rating star
9.7
logo

Betano

Star
9.7
logo

Pinnacle

Star
9.1